Câmara Municipal promove audiência pública para discutir sobre transporte de alunos do CEIER

Câmara Municipal promove audiência pública para discutir sobre transporte de alunos do CEIER

Câmara Municipal promove audiência pública para discutir sobre transporte de alunos do CEIER

Demonstrando preocupação com um grupo de alunos da Escola CEIER, que nos últimos meses tem feito diariamente a pé o trajeto do bairro Vila Tavares, Nova Cidade e Vila Fernandes até a escola, num percurso de aproximadamente 01 km, o presidente da Câmara Marquinhos do Sindicato propôs de forma urgente a realização de audiência pública para discutir o assunto.  A proposta foi discutida por outros vereadores que também apoiam a ideia.

A audiência pública será realizada na próxima quinta-feira, dia 26, a partir das 17:30h, no Plenário João Nato Neves, na Câmara.  Estão sendo convidados, além de representantes da Prefeitura, da secretaria de Estado da Educação e da mencionada escola, alunos e pais, bem como, educadores e sociedade em geral.

O vereador/presidente usou a tribuna livre na última sessão ordinária da Câmara Municipal, no dia 18, onde relatou que recebeu vários pedidos de apoio de alunos e seus respectivos pais para buscarem uma solução junto à secretaria de Educação do município, para tanto, apresentou várias fotos dos alunos transitando na via, inclusive debaixo de chuva.

Marquinhos mostrou-se preocupado com a situação dos alunos do ensino fundamental e médio, que possuem a faixa etária de 10 a 17 anos, especialmente com o fator da segurança na rodovia ES 315, que tem um considerável tráfego de veículos para a região de Bela Vista e Santa Maria e até a BR 101 em São Mateus.

Na última quinta-feira, 19, Marquinhos convidou o secretário de Educação, Sebastião da Rocha Lima, que prontamente atendeu e juntos fizeram uma reunião na sede da Câmara, juntamente com o procurador jurídico do município, Luciano Brum e o advogado Leonardo Bidart, também da Prefeitura, para discutir uma solução legal para a referida situação.

O transporte dos alunos vinha sendo feito há vários anos, porém, segundo o secretário informou, com base em norma legal, o município estaria impedido de transportar os alunos, já que a Escola CEIER é de responsabilidade do Estado e não do município.

Na opinião do presidente Marquinhos do Sindicato, caberia à secretaria de Estado da Educação resolver o problema com a contratação de empresa específica para o transporte dos alunos do referido trajeto, levando-se em consideração os riscos de acidentes na rodovia.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.